Notícias

Leveza e transparência no projeto do sistema BRT – Área Central Data: 09/11/2017 Fonte: Imprensa FNA

Projeto: B&L Arquitetura

O projeto do Sistema BRT, localizado nas avenidas Paraná e Santos Dumont, em Belo Horizonte (MG), um dos projetos premiados no 12º Prêmio Arquiteto e Urbanista do Ano, tem a proposta de solucionar do ponto de vista arquitetônico e urbanístico a implantação de seis estações de embarque, incluindo a requalificação dos espaços públicos e melhoria da acessibilidade de pedestres e ciclistas. O projeto é de autoria da dupla de arquitetos e urbanistas Maria Edwirges Sobreira Leal e Eduardo Beggiato, que atuam à frente do escritório B&L Arquitetura desde 1990, com projetos urbanos, comerciais, institucionais e residenciais.

Projeto: B&L Arquitetura

O projeto foi concebido como uma grande estação composta de seis edificações, inserida dentro do tecido urbano. Dentro do anel da Avenida do Contorno existem regras definidas pelo Conselho de Patrimônio Histórico e Cultural do Município, conforme explica Edwirges. Uma delas é a garantia da visibilidade do conjunto arquitetônico e a preservação do traçado viário original. “Isto deu o ponto de partida para criar edificações que sejam, ao mesmo tempo leves e transparentes. Foi analisado em profundidade o conforto do usuário e a sua proteção quanto a chuvas e sol”, afirmou.

Para marcar a intervenção contemporânea além de amenizá-la na paisagem, os arquitetos trabalharam com o modelo curvo em abóbada acompanhando o acoplamento dos ônibus.
As estações têm ventilação natural. Os vidros a meia altura garantem a segurança dos usuários e a ventilação superior transversal, aliado à cobertura térmica. O avarandado externo protege o embarque e evita as chuvas laterais e de vento.

Projeto: B&L Arquitetura

Com a parte envidraçada da cobertura somente o interior restou sombreado sem escurecer o ambiente. As bilheterias foram localizadas em esquinas próximas e atendem várias estações simultaneamente.

Já o projeto de Paisagismo, com o plantio de árvores de variadas espécies e a criação de canteiros ajardinados protege os caminhantes. O Novo Projeto de Piso contempla a padronização das calçadas de acordo com o padrão PBH, com acessibilidade de pedestre e travessias em nível, pavimentação da ciclovia e das vias para a circulação do ônibus de sistema BRT.

Projeto: B&L Arquitetura

Foi complementado também o projeto de micro-drenagem da Sudecap, para promover coleta de água pluvial, e instalado novo mobiliário urbano. Além disso, foi feita a integração da Praça Rio Branco e Praça 1º de Maio com as avenidas Santos Dumont e Paraná, respectivamente, atrelando ambas ao conjunto da intervenção através de praças e rotores para os ônibus.

 

 

Afiliados