Notícias

CAU/BR publica manifesto contra EaD de Arquitetura e Urbanismo Data: 20/02/2017 Fonte: CAU/BR

Foto: Dmitrii_Guzhanin/iStock

O CAU/BR lançou manifesto contra o Ensino à Distância de Arquitetura e Urbanismo. A manifestação foi aprovada pelos conselheiros federais na 63ª Reunião Plenária, realizada no dia 16/02, em Brasília (DF). O texto expressa a “preocupação e discordância com a improcedente e perigosa oferta de cursos de graduação na modalidade Educação à Distância”.

“Entendemos que os cursos de Arquitetura e Urbanismo na modalidade EAD, até agora cadastrados no MEC, não atendem a legislação vigente do setor educacional, por não contemplarem a relação professor/aluno própria dos ateliês de projeto e outras disciplinas; as experimentações laboratoriais e a vivência para a construção coletiva do conhecimento”, diz.
O documento trata dos resultados da parceria entre o CAU/BR e o MEC para avaliação de novos cursos. “Por meio de um acordo com o MEC, o CAU/BR tem sistematicamente se manifestado oficialmente sobre processos de autorização, reconhecimento e renovação dos cursos de Arquitetura e Urbanismo no país. A esmagadora maioria desses pareceres tem sido desfavorável à autorização dos cursos, mas nem por isso eles deixaram de ser reconhecidos”. Nos últimos cinco anos, os cursos de Arquitetura e Urbanismo passaram de 270 para 540.

O conselheiro José Roberto Geraldine Junior, coordenador da Comissão de Ensino e Formação do CAU/BR, lembrou que já houve casos em que algumas faculdades ofereceram os cursos, mas após ações do CAU/BR e dos CAU/UF, a oferta foi interrompida. Em outras situações, forma negado registros a pessoas formadas em faculdades que não atendiam a legislação vigente.

Leia o manifesto do CAU/BR na íntegra aqui.

Afiliados