Notícias

Caixa vai rever processo de contratação dos aprovados em 2012 Data: 09/06/2014 Fonte: CAU/BR

A Caixa Econômica Federal (CEF) irá rever o processo de contratação dos arquitetos aprovados no concurso público de 2012, cujo prazo vence em sete de julho. Haverá convocação de concursados nos Estados em que não houve nenhuma contratação. Nos demais, será realizada uma reavaliação do processo, buscando corrigir distorções no equilíbrio dos quadros de arquitetos e engenheiros.
Essas foram as promessas feitas pelo presidente da CEF, Jorge Hereda, em reunião realizada nessa quarta-feira (04/06), em Brasília, com uma comissão da Federação Nacional dos Arquitetos e Urbanistas (FNA), formada pelo presidente Jeferson Salazar, pelo vice-presidente Cicero Alvarez e pelo Diretor Regional do Centro Oeste e suplente de conselheiro federal pelo DF, Antônio Menezes Júnior. Eddi Yamamura, chefe de gabinete da Presidência do CAU/BR, representou o Conselho na reunião, que contou ainda com a presença da deputada federal Erika Kokay (PT-DF).
Entre os Estados em que nenhum concursado foi convocado para assumir o posto estão Amazonas, Paraíba, Piauí e Roraima. Quanto ao pessoal já contratado, atualmente a proporção é de um arquiteto para cada 1,75 engenheiro. Dentro de uma semana, o andamento das providências será informado em nova reunião já agendada.
Jeferson Salazar Salazar afirmou que “a FNA continuará ativa para que as promessas sejam cumpridas, sem abrir mão da defesa da contratação dos 138 concursados que ainda não foram chamados, de um total de 238 aprovados”. Jeferson disse a Hereda que a luta da Federação “não se trata de uma questão meramente corporativa, é algo bem maior”.
– Estamos tratando da melhor estruturação do planejamento do Estado brasileiro em benefício da Sociedade como um todo”.
A audiência com o presidente da Caixa Econômica foi solicitada por reiteradas vezes FNA desde 2013 e, afinal, foi marcada poucas horas após a Audiência Pública na Câmara dos Deputados e da reunião com o Ministro das Cidades, Gilberto Occhi, para expor a frustração dos profissionais aprovados e não chamados.
Participaram do encontro, pela CEF, Clóvis Marcelo Dias Bueno,
superintendente nacional da Rede de Habitação; Luiz Alberto Sugahara, coordenador do PAC; e Milton Anavate, assessor da Presidência.
Fonte: http://www.caubr.gov.br/?p=25146

Afiliados